Cuidar da Piscina Sozinho ou Contratar um Piscineiro?

Manter a piscina limpa e bem cuidada é essencial para a saúde dos banhistas e para a estética da sua área de lazer. Porém cuidar da piscina exige tempo e conhecimento; dois pontos que fazem muitos proprietários ficarem em dúvida se devem fazer sozinhos a manutenção ou contratar um profissional qualificado para executar todos os procedimentos e cuidados necessários.

Saiba que as duas opções são ótimas! Se possuir tempo disponível e quer economizar dinheiro, opte por fazer alguns cursos gratuitos de tratamento de piscinas e cuide de sua piscina residencial sozinho! Se não tem tempo e possui dificuldade em cuidar do tanque, considere contratar um profissional.

Cuidando de sua piscina sozinho!

Não é necessário ser um professor de química para cuidar com qualidade da água da piscina; a maioria das piscinas residenciais de pequeno porte é fácil de cuidar.

O primeiro passo é fazer cursos e ler manuais de instruções fornecidos pelos fabricantes de produtos químicos para piscinas. Uma ótima indicação de curso online para proprietários é o Escola da Piscina da Genco, como também os diversos catálogos e manuais fornecidos pela HTH.

Sempre que necessário contate o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do fabricante de produtos que você adquiriu, por telefone eles darão informações passo a passo de como proceder.

Lembre-se que o mais importante é a segurança, sempre leia os manuais dos produtos químicos antes de utilizá-los. O básico é: nunca misture diferentes produtos químicos; não jogue água diretamente nos produtos; e mantenha-os longe de crianças.

Em casos extremos de contaminação grave da água, a melhor opção é contratar um profissional qualificado para colocar sua piscina novamente em boas condições.

Como contratar um profissional

Na hora de contratar um profissional, verifique se ele é qualificado e certificado.

Muitas empresas fabricantes de produtos para piscinas oferecem cursos com certificados; como é o caso da empresa GENCO, que oferece gratuitamente o curso Escola da Piscina, presenteado com um certificado os participantes do curso. O pequeno cuidado do piscineiro em fazer cursos já conta pontos em seu currículo para ser contratado.

A indicação de profissionais pelas empresas de piscinas da sua região também é uma ótima opção.

Piscinas comerciais e de grande porte

Essas já são mais difíceis de trabalhar, apenas profissionais especializados devem tratá-las.

Essa artigo te ajudou? Curta e compartilhe no Facebook!

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.