Sistema drenagem do terreno (Instalações Hidráulicas)

Tudo sobre sistema de drenagem do terreno, esse é o episódio #18 da série como construir uma casa, instalações hidráulicas – drenagem. Aprenda sobre cuidados com a drenagem, caimento, impermeabilização de uma cobertura plana, importância da impermeabilização, sistema de calhas e condutores, calhas e condutores, calhas de PVC, quantidade de calhas e condutores, prevendo o escoamento da água pelo terreno, caixa de areia, drenagem do terreno, e caimento do piso. Confira os vídeos do episódio #18:

Instalações Hidráulicas – Drenagem (parte 1):

Instalações Hidráulicas – Drenagem (parte 2):

Cuidados com a drenagem

O projeto da casa tem que prever como vai ficar a drenagem com a casa pronta. Isso é fundamental pra retirar a umidade do terreno. E a drenagem tem que fazer escoar rapidamente a água das chuvas que a casa vai receber na cobertura, nos pisos do quintal e no jardim. É importante prestar atenção pra não escolher um terreno num lugar baixo, que possa alagar. Além disso, o terreno pode vir num lençol d’água muito alto, ou uma camada de argila que não deixa a água penetrar no terreno. Em época de chuva o sol não tem tempo de secar a terra. Além de você dar um duro pra fazer as fundações depois da casa pronta, a umidade fica subindo pelo piso e pelas paredes, estragando a pintura, o revestimento, mofando tudo.

Caimento

Quem não pensa na drenagem antes de construir está condenando a casa. Se o terreno da casa não fica bem drenado, enche de poça d’água e alaga tudo, depois que a chuva passa não seca nunca. Por isso tem que pensar nisso já na preparação do terreno: na hora que acabar a obra, os pisos externos e o jardim já tem que estar pelo menos 1% de caimento em relação à calçada da rua. Pra garantir o escoamento rápido da água, um terreno de 20 m de comprimento, por exemplo, precisa ter no fundo pelo menos 20 cm a mais que a altura da calçada. Você pode até aterrar o terreno, mas tem que tomar cuidado, se você perceber que a casa vai ficar mais baixa do que o terreno, não vai dar certo. Na hora de concretar o contrapiso é muito importante já deixar o desnível entre o piso da casa e o terreno, pra evitar problemas de umidade, alagamentos, etc. O piso interno tem que ficar 20 cm acima do piso externo e do jardim.

Impermeabilização de uma cobertura plana

Se você quiser, pode fazer uma cobertura plana, sem telha: só com a laje de concreto. Com o concreto bem feito, usando pouca água na mistura, colocando aditivos plastificantes, a cobertura plana fica bastante impermeável. Mas apesar do nome, ela não pode ser completamente plana, porque senão a água fica acumulada na laje e não terá por onde escoar, por isso logo que acaba a concretagem tem que aplicar uma camada de argamassa de cimento e areia 1:4 que é pra dar o caimento necessário, pelo menos de 1 cm por metro, na direção em que se quer fazer o escoamento da água.

Importância da impermeabilização

Se a laje ficar exposta às variações de calor e tempo, podem aparecer as trincas e dar infiltração de água. Por isso que não pode deixar de impermeabilizar, e de proteger a própria impermeabilização com material isolante. A camada de argamassa regulariza o concreto e facilita a impermeabilização. Ela pode ser feita com mantas de borracha sintética ou com aplicação de líquidos que viram borracha depois que secam. E é bom também proteger essa ultima camada com isolante de cor clara pra que a laje não acumule muito calor.

Sistema de calhas e condutores

As coberturas inclinadas podem ser de vários tipos de acordo com o número de águas (planos inclinados que apresentam), podem ter uma água, duas águas ou quatro águas. Em cada uma das coberturas inclinadas, a água da chuva é conduzida naturalmente para os beirais, e exige um tipo de drenagem. Para drenar a água da cobertura você pode deixar a água da chuva cair livremente do beiral ou então montar um sistema de calhas e condutores pra recolher essa água. Esse sistema evita que a água da chuva possa respingar nas paredes e portas, sujar a pintura, molhar a alvenaria e argamassa, e com o tempo vai esburacando o chão e até a parede de tanto pingar.

Calhas e condutores

A função da calha é receber a água da cobertura e levar até os condutores. É uma canaleta que pode ser de concreto, de plástico ou metal. Então você escolhe a calha de acordo com o tipo de cobertura. A calha de concreto só é usada, por exemplo, no caso da laje. Antigamente usavam muito calhas de aço galvanizado, mas elas enferrujavam e acabavam furando. As de cobre eram as melhores, mas eram muito mais caras. Há varias calhas de alumínio, que resiste muito mais. Mas tem que usar braçadeiras e parafuso tudo de alumínio, senão enferruja.

Calhas de PVC

Hoje a melhor solução pra casa e pro bolso é o material de PVC. Tanto as calhas quanto os condutores, e os tubos verticais que recebem a água da calha e levam até o chão são feitos de PVC. Eles têm 3 m de comprimento e são fáceis de trabalhar. O material de PVC tem uma grande variedade de peças para fazer cantos, descidas, emendas, e para fechas as extremidades, alem das peças de suporte. É o sistema mais fácil e econômico.

Quantidade de calhas e condutores

Para calcular o a quantidade de calhas e condutores, você coloca 1 condutor pra cada 94 m² atendido por uma calha. Mas só serve se o telhado não for muito grande. No caso do vídeo, o telhado tem 4 x 11 m, a área é de 44 m². Como são duas águas, metade da água vai pra frente da casa, e metade pra trás, ou seja, a área pra se considerar é a metade: 22m². Logo, você só precisa colocar dois condutores: um na frente da casa e outro atrás.

Prevendo o escoamento da água pelo terreno

Depois é necessário prever o escoamento da água pelo terreno. O ideal é planejar a drenagem da água pelo terreno de acordo com o sistema usado para trazê-la da cobertura. Se a água vem do beiral é preciso construir uma canaleta larga que leve a água pela rua, e é bom preencher a canaleta com pedra britada pra que as pessoas não caiam ou tropecem.

Caixa de areia

Se for usar esse sistema de calha e condutor, não há necessidade de usar canaleta. Aí você pode usar uma caixa de areia pra receber a água do condutor. A caixa de areia é feita de alvenaria ou concreto. Ele recebe a água do condutor, e por meio de tubos a água é enviada pra fora do terreno. Aí você já pode fazer todo o sistema de drenagem do piso envolta da casa. Não deixe de dar o caimento de 1 cm por metro na direção que a água precisa correr. Além dos ralos, você vai colocar uma canaleta na lateral do terreno pra recolher a água, com um caimento de 1% em direção a essa canaleta. Você pode também colocar uma canaleta para o estacionamento do carro, evitando que água passe por ali. Existem umas grelhas de concreto, de aço ou plástico, de várias larguras feitas pra cobrir esse tipo de canaleta.

Drenagem do terreno

No lugar que fica o jardim, você pode colocar um dreno, caso o terreno fique encharcado por causa da chuva. É só pegar um tubo de 100 mm perfurado e colocar a uns 30 ou 40 cm de profundidade. Pra não deixar o tubo entupir com terra e areia, precisa colocar bastante pedra britada envolta, embrulhar tudo com feltro sintético senão apodrece. Você vai ter um dreno excelente. Assim você evita que a umidade do terreno chegue até as fundações e o contrapiso.

Caimento do piso

O caimento do piso é em direção das canaletas que estão em volta da casa e no estacionamento. As canaletas também recebem a água que vem do dreno do gramado e dos tubos que vem das caixas de areia. E na calçada, os tubos de PVC conduzem toda a água pro meio fio. Assim que sai o Sol, a casa e o terreno ficam secos na hora.

Informação: Olá amigo(a)! Este é um artigo informativo, em caso de dúvidas procure um profissional especializado. Abraços! Equipe casabemfeita.com.

2 thoughts on “Sistema drenagem do terreno (Instalações Hidráulicas)”

  1. Marcia disse:

    Excelente o site.

    Obrigada. Me ajudará muito.

  2. Marcelo Colioni Guimarães disse:

    Gostei muito do que nos foi apresentado. Estudar ainda é o caminho para o conhecimento. Ao estudar esse texto precedente, percebi o quanto nos falta áprender. E a medida que se aprende, (o certo), a qualidade de nosso trabalho melhora e muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>