Instalação Hidráulica – Água fria

Seguindo a série Mãos à Obra – Como construir uma casa, esse é o episódio #15 – Aprenda sobre Instalações hidráulicas – Água fria. Dimensionamento da rede hidráulica; Pressão de água; Caixa d’água; Registros; Tubos; Ligação da água da rua; Ladrão para Caixa d’água; Limpeza da caixa d’água e Ramais. Confira os vídeos:

Instalações Hidráulicas Água Fria (parte 1):


Instalações Hidráulicas Água Fria (parte 2):

Instalações Hidráulicas Água Fria (parte 3):

Dimensionamento da rede hidráulica

Pra fazer a instalação hidráulica, faça um dimensionamento. Veja quais os lugares que você vai ter que ligar a água, e o quanto de água você vai precisar em cada lugar pra saber o diâmetro dos tubos. Numa casa existem duas redes de água. A primeira rede é a água que vem da rua: passa pelo medidor, vai pra alguma torneira no quintal ou no jardim, e sobe pra caixa d’água. A segunda rede é a que sai da caixa d’água e abastece todas as outras torneiras da casa: o chuveiro, o aquecedor, a bacia sanitária, etc. Pra saber por onde passar os tubos pegue a planta da casa, marque os lugares onde vai ter saída de água, e escolher o caminho pra passar os tubos.

Pressão de água

Você precisa ter boa pressão de água, e evitar um caminho com muita mudança de direção, pois além de gastar mais material, você pode ficar com pouca pressão em alguns pontos da casa. Pra medir a pressão da água, você mede pela altura da coluna d’água. A coluna d’água é a diferença de nível entro o nível da água na caixa e o ponto. Para efeito de projeto, você deve considerar o pior caso, ou seja, a diferença entre o nível de saída da água da caixa e o ponto. Pra saber quanto precisa de coluna d’água, depende do lugar. Os pontos mais complicados são o chuveiro e a válvula de descarga da bacia sanitária. Pro chuveiro funcionar bem, ele precisa ter pelo menos 1 m de altura de coluna d’água. Então precisa ter 1 m de altura entre a saída da caixa d’água e a chegada no chuveiro. Pra bacia sanitária, tem que ter 2 m de altura de coluna d’água pra válvula de descarga funcionar bem.

Caixa d’água


Existem dois tipos de caixa d’água pré-fabricada: as de fibrocimento e as de polietileno, que é um tipo de plástico. As caixas de fibrocimento podem ser retangulares ou redondas, e tem dois tamanhos diferentes. A menor, de 500 litros de capacidade, precisa de uma altura livre de 1 m para ser instalada. A maior tem 1000 litros de capacidade, precisa de 1,2 de altura livre.

As caixas de polietileno também têm dois tamanhos diferentes. A de 500 litros de capacidade precisa de uma altura livre de 90 cm para ser instalada. A de 1000 litros de capacidade também precisa de 90 cm de altura livre. As caixas pré fabricadas, tanto as de plástico quanto as de fibrocimento, são resistente e duráveis. Você só precisa pensar direito no lugar onde vai instalar pra ver se tem espaço suficiente pra caber a caixa, e se está perto dos locais de uso da água, pra não precisar usar muito tubo. Senão a instalação vai ser mais trabalhosa, e vai custar mais caro. A caixa d’água precisa ficar bem apoiada. A de fibrocimento sobre duas vigas de madeira, e a de polietileno com tábuas espaçadas de 10 e 10 cm sobre as duas vigas de madeira.

Registros

Os registros são necessários para se controlar ou bloquear o fluxo de água na instalação. Existem 3 tipos de registro: os registro de pressão são usados no chuveiro e servem para controlar o fluxo da água, os registros de gaveta e os registros de esfera são usados para bloquear a passagem da água na caixa em caso de manutenção. Então é só pensar na rede da água, pegando a planta da casa e desenhando o caminho dos tubos desde a entrada da água até os pontos de saída.

Tubos

Diâmetros dos tubos

Quando a instalação é grande e tem muitos pontos de distribuição de água, usamos uma tabela pra calcular o diâmetro de todos os tubos de cada ramal. No caso da casa do vídeo, será necessário apenas o uso de 3 diâmetros diferentes. O de 50 mm, o de 25 mm e o de 20 mm, ficando mais fácil e mais barato, pois dá pra aproveitar melhor a sobra dos tubos. Essa primeira parte entre o cavalete, que é a entrada de água que vem da rua, e a caixa d’água, você vai usar tubos de 25 mm. Você vai abrir uma pequena vala de 30 cm de profundidade, e colocar o tubo com uma camada de areia ou terra para proteger, mas sem pedras.

Montagem dos tubos

Na hora de fazer a montagem dos tubos, não se esqueça de lixar as partes a serem soldadas até que elas percam o brilho. Depois, aplicar a solução limpadora pra limpar a sujeira. Então passar o adesivo nas duas partes, sem colocar demais. Encaixar as partes e tirar a sobra de adesivo. Quando chegar ao lugar onde vai sair uma torneira do jardim, você vai colocar um “T” soldado a um tubo e a uma curva de 90 graus, e subir outro tubo até a altura da torneira. Em todos os pontos terminais, devem-se utilizar as conexões azuis, com bucha de latão. E antes de ligar a água, esperar 12 horas pra secar bem. Tomando esses cuidados, você vai evitar problemas de vazamento.

Ligação da água da rua

Pra subir com essa tubulação pra caixa d’água, você pode fazer a subida por fora da casa, prendendo o tubo na parede com braçadeiras. Assim vai ficar mais fácil, e não tem que quebrar os blocos. Mas ao final da obra, nos acabamentos, a gente vai cobri-lo com pré-moldados pra protegê-lo contra o sol e eventuais pancadas. Na hora de passar a tubulação da posição horizontal para a vertical, use as curvas ao invés dos joelhos de 90° para diminuir as perdas de pressão. Aí o tubo vai entrar por um furo feito com furadeira na parte de cima da caixa d’água, o tubo é soldado a um adaptador que já tem um anel de vedação, dispensando o uso da massa plástica. A torneira de bóia controla o nível de água dentro da caixa. Quando a caixa enche de água, a bóia sobe e fecha a boca do tubo para não transbordar. Quando o nível de água desce, a bóia desce e abre o tubo pra entrar mais água. O bom é que se não faltar água da rua, a caixa vai ficar sempre cheia, e quanto mais cheia, maior a pressão, porque maior é a coluna d’água.

Ladrão – Caixa d’água

Se der problema na bóia, faz-se um ladrão na caixa, que é uma espécie de saída de emergência da água, que é um tubo que fica perto sem torneira ou registro e que é colocada pouco acima do nível da bóia. A bitola do ladrão deve ser maior que a do tubo que alimenta a caixa. Se a água subir e a bóia não fechar o tubo de entrada, a água vai descer pelo ladrão antes de transbordar por cima da caixa. O certo é você colocar esse tubo desaguando num lugar fácil de ver, como por exemplo o box do chuveiro, pois aí dá pra perceber que a bóia esta com problema. Se o ladrão desaguar direto numa caixa de esgoto, pode ser que ninguém veja o vazamento e ele continue por vários dias.

Limpeza da caixa d’água

Para fazer a limpeza é necessário esvaziar a caixa. Por isso, tem que fazer uma saída de água pelo fundo. É só colocar um registro de gaveta ou esfera no fundo da caixa e ligar o tubo até um ponto de esgoto. Assim você pode esvaziar toda a água e lavar a caixa. O ideal é limpar a caixa a cada 6 meses. As saídas da devem ser feitas do lado da caixa um pouco acima do fundo, pra não levar a sujeira que desce pro fundo da caixa. Logo depois da saída tem que colocar um registro de gaveta ou esfera pra fechar a água quando precisar.

Ramais

É importante você pensar no tipo de instalação que você deseja fazer no banheiro. Existem 3 possibilidades: você pode utilizar a válvula de descarga e nesse caso você terá 3 ramais. Um ramal vai para o banheiro pra abastecer chuveiro e lavatório, outro exclusivo para válvula de descarga, e o último vai para a cozinha e lavanderia.

Você pode utilizar também a bacia sanitária com a caixa acoplada ou a bacia sanitária com a caixa de descarga. Aí você terá dois ramais: um ramal para abastecer chuveiro, lavatório e a caixa acoplada ou a caixa de descarga, e o outro ramal vai para a cozinha e a lavanderia.

Para os diâmetros dos tubos, caso você utilize válvula de descarga, a saída da caixa é feita com tubo de 50 mm exclusivo para a válvula. O ramal do banheiro também vai ter 50 mm, depois você pode diminuir para 25 mm na alimentação do chuveiro, e 20 mm na alimentação do lavatório.

Se você escolher caixa acoplada ou caixa de descarga, você pode usar o mesmo ramal do lavatório e chuveiro pra abastecer a caixa acoplada ou caixa de descarga. No ramal da cozinha e lavanderia, pode usar um tubo de 25 mm na alimentação da pia da cozinha, 20 mm para a alimentação do tanque e 25 mm para a máquina de lavar roupa. No caso de se utilizar uma torneira para o tanque com derivação, a alimentação do tanque será de 25 mm.

Informação: Olá amigo(a)! Este é um artigo informativo, em caso de dúvidas procure um profissional especializado. Abraços! Equipe casabemfeita.com.

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>